Todos nós vivemos uma batalha interior. Muitos vivem na superficialidade, os pensamentos guiam e os levam sem perceber, sem direção. É preciso reforçar a mente, não gerando ainda mais estímulos, ao contrário, fazer um treinamento que estimule a estabilidade do pensamento para enxergar com mais clareza o que realmente é essencial e extrair o que há de melhor em cada um de nós.
Quantas vezes você já se pegou pensando antes de dormir todas as tarefas do dia seguinte? Muitas vezes perdeu o sono?

No dia-a-dia, são centenas as solicitações e os pontos de distração, que te desviam das suas ações e objetivos. Dificilmente podemos modificar esses aspectos, que são externos, mas podemos aprender a conviver e a contornar essas situações, o que resultará em um melhor desempenho e resultados.

“Penso noventa e nove vezes e nada descubro. Deixo de pensar, mergulho em profundo silêncio – e a verdade me é revelada.”

Albert Einstein

O que é meditação?

Muito se fala, mas pouco se sabe sobre o que é meditar. Os dicionários definem que é pensar ou ponderar sobre algo, exatamente o oposto do que se diz na filosofia oriental que criou essa técnica. Ou seja, a definição mais autêntica sobre meditação é: o ato de não pensar.

Não é tão simples quanto parece, pois, ao tentar fazê-lo, muitos obstáculos surgem espontaneamente. E fica a dúvida que talvez surja durante o seu exercício e se transforme em mais uma barreira: qual a vantagem em parar de pensar?

Por que meditar?

Quando agimos sob influência das emoções, não raciocinamos tão bem, agimos sem pensar. A mente humana é dispersa e confusa por natureza, principalmente quando tem a interferência do ego e das emoções, que distorcem os estímulos.

Uma mente focada tem maior capacidade de realização e de aprendizado.

Usar a meditação significa estar liberto das emoções e dos pensamentos obstinadamente intermináveis. Cada vez mais, esportistas aplicam-na como um diferencial perante os seus adversários e os resultados são cada vez mais notórios.

3 verdades sobre a meditação

Quem medita lida melhor com o stress

Embora a meditação exista há milhares de anos, sendo desenvolvida numa época em que a palavra stress não existia, sem dúvida a prática tem um efeito imediato em reduzi-lo. Isso acontece porque uma das metas da maioria das formas de meditação é baixar a quantidade de pensamentos inúteis ou negativos.

Meditar aumenta as defesas do corpo

Segundo um estudo realizado pela Universidade da Califórnia (EUA), quem medita tem as defesas do corpo ampliadas porque, durante a prática, a enzima telomerase, ligada ao sistema imunológico e responsável por promover a longevidade nas células, é favorecida por uma ação intensificada.

Alterações fisiológicas ocorrem no organismo

Há, ainda, redução do metabolismo e desaceleração do funcionamento do corpo, com menos gasto de oxigênio pelas células, queda da frequência cardíaca e diminuição da condutabilidade elétrica da pele. Tudo isso tem um efeito positivo cardiovascular. Além disso, a meditação incrementa as áreas do córtex cerebral.

Vamos começar a praticar?

Nome e Sobrenome

Email

Telefone

Deixe-nos sua mensagem

Conheça o Espaço Cultural Tatuapé

AGENDE UMA EXPERIÊNCIA